10 coisas que gestantes não devem fazer e mitos sobre gravidez

Dizem que gravidez não é doença (não é mesmo) e que gestante pode fazer de “tudo”. Será? Vou esclarecer alguns pontos a respeito do que não deve acontecer quando se está esperando um bebê. E também alguns mitos… Vem comigo!

1. Usar salto alto – não deve. O risco de quedas é muito maior em cima do salto, além de ficar superdesconfortável conforme a barriga vai crescendo.

2. Usar calças apertadas – não deve, pois, o conforto – olha ele aí de novo – é importante nesta etapa da vida e, definitivamente, roupa apertada não dá! Mesmo que você tente usar as antigas, elas vão ficar apertadas na cintura.

3. Beber chá de canela – Nem pensar! A bebida é abortiva.

4. Carregar peso – se você não for atleta e não estiver sendo supervisionada, deixe o treino pesado para depois. E no dia a dia evite ficar carregando coisas pesadas, principalmente nos primeiros meses de gravidez.

5. Comer carne crua – a carne crua pode transmitir doenças. A toxoplasmose é uma delas. Já os peixes crus não transmitem esta doença especificamente, mas podem conter outras contaminações. Então, é bom evitar também.

6. Tirar Raio X – radiografas são capazes de prejudicar o bebê por causa da radiação que emitem. Por isso, só em caso de extrema necessidade elas devem ser feitas.

7. Utilizar química no cabelo – não deve! Isso vale para qualquer coisa que modifica a estrutura dos fios. Pode ser um alisamento, tintura, mechas, etc. A química entra na corrente sanguínea pelo couro cabeludo e chega até o bebê, podendo prejudicá-lo.

8. Fazer tatuagem – adie seus planos, pelo menos por enquanto. Se a agulha ou outro material da tattoo estiver infectado, você e seu filho correm risco. É melhor deixar para depois…

9. Doar sangue – gestante não pode doar sangue. Aguarde o tempo certo, com liberação médica, para fazer este gesto de solidariedade.

10. Tomar certos tipos de remédios – automedicação já não é uma boa prática, e para grávidas então… representa um perigo enorme. Consulte sempre seu médico, em vez de ingerir qualquer coisa por conta própria!

Se, por um lado, as futuras mamães devem ficar atentas aos pontos acima descritos, por outro, devem deixar de lado certos mitos que chateiam a gravidez. Confira:

1. Gestante não pode tomar banho de sol – mito. A vitamina D é absorvida quando a pele entra em contato com os raios solares. E é fundamental para a saúde da mamãe e do filhinho. Grávida precisa, sim, de sol regularmente.

O que não pode é descuidar da proteção e se expor entre 10 horas e 16 horas. Cuidado para não manchar a pele por causa das mudanças dos hormônios.

2. Grávida não deve dirigir sozinha – mito. A rotina da mulher deve continuar igual, dentro do possível. No entanto, depois da trigésima segunda semana, é melhor não correr riscos.

O bebê mexe mais e a mamãe pode se distrair, mas a restrição varia de acordo com o cotidiano, a saúde emocional e física da gestante.

3. Parar de treinar – mito. Sedentarismo não faz bem a ninguém. As gestantes devem fazer exercícios físicos durante toda a gravidez, de forma moderada e todos os dias.

É o que recomenda o Colégio Americano de Obstetras e Ginecologistas (AAOC). A não ser que a pessoa tenha uma orientação médica específica proibindo.

4. Sexo com período marcado – é mito. Se não houver intercorrência do tipo sangramento ou contração, a relação sexual é permitida durante todos os meses, pois a saúde do neném não é prejudicada com o ato.

É isso! Com cautela, algumas restrições necessárias, acompanhamento adequado e bons hábitos, sua gravidez certamente será tranquila e logo você poderá ter nos braços o seu filhinho ou filhinha, saudável e feliz, para encantar a todos.

Até as próximas dicas!