Acne Neonatal: causas sintomas e tratamento

O seu bebê tem mais espinhas do que um adolescente? Isso provavelmente é a acne neonatal. Essa pequena prévia da puberdade é incrivelmente comum, geralmente começando na segunda ou terceira semana de idade e afetando cerca de 40 por cento de todos os recém-nascidos. Felizmente, a acne neonatal é temporária, e não incomoda seu bebê nem um pouco.

Aqui você vai entender melhor porque isso acontece e o que fazer nesses casos, tirando todas as suas dúvidas mais pertinentes.

O que causa acne no bebê?

Acredite ou não, como com a acne adolescente, acredita-se que os hormônios sejam os principais culpados. No caso dos recém-nascidos, no entanto, não são os seus próprios hormônios que provavelmente provocam problemas de espinha, mas os da mãe – que ainda circulam na corrente sanguínea do bebê. Estes hormônios maternos estimulam as glândulas de óleo lentas do bebê, fazendo com que as espinhas apareçam no queixo, testa, pálpebras e bochechas (e, às vezes, na cabeça, o pescoço, nas costas e na parte superior do tórax). Além disso, os poros na pele de um bebê ainda não estão completamente desenvolvidos, tornando-os alvos fáceis de infiltração por sujeira e o florescimento de manchas.

O que fazer quando seu bebê tem acne?

Infelizmente, não há muito que você possa fazer em relação a acne neonatal, além de ser paciente e esperar essa condição passar. Mas algumas dicas de tratamento de acne neonatal são:

  • Não esprema, aperte ou remova a acne;
  • Limpe a área com água duas ou três vezes por dia. Enxugue a pele do bebê e deixe-a seca de maneira suave;
  • Não use sabonetes ou loção nas áreas afetadas;
  • Não utilize produtos anti-acne ou outros produtos de cuidados da pele destinados a adultos;
  • Experimente remédios naturais para a acne do bebê: algumas mães sugerem que a limpeza da área afetada com leite materno pode ajudar a acelerar o processo de cicatrização.

Acne neonatal ou mília?

Embora seja possível confundir a acne neonatal com essa outra condição comum da pele do recém-nascido, a mília, as duas não são a mesma coisa. A acne neonatal se parece com espinhas vermelhas, enquanto a mília é caracterizada por pontinhos brancos muito pequenos. Porém, ambos são tratados da mesma forma: lavando o rosto do bebê, observando o desenvolvimento da condição e esperando que ela passe.

Há também uma série de erupções cutâneas em crianças que, ao contrário das espinhas, muitas vezes são desconfortáveis ​​para o seu bebê e tendem a se espalhar além do rosto. Algumas das mais comuns são:

Brotoeja (Erupção cutânea por calor no bebê): estes cachos de pequenas e úmidas bolinhas vermelhas se parecem com a acne e muitas vezes aparecem nos braços, nas pernas, na parte superior do tórax e na fralda do bebê, além do rosto quando está quente fora de casa. A pele geralmente sente coceira ou fica vermelha, o que pode fazer com que o bebê fique mais irritado e desconfortável do que o habitual.

Assaduras: esta erupção cutânea – causada por umidade, e muito pouco ar na área da fralda do bebê – pode ser notada com a pele vermelha e irritada nessa região.

Tampão de berço: estas manchas vermelhas são menores do que as bolinhas da acne neonatal e podem ser acompanhados por uma pele amarela e escamosa, geralmente na cabeça (embora possa se espalhar pelas sobrancelhas e na parte superior do corpo).

Eczema infantil: a pele parece seca, escamosa e vermelha, geralmente com manchas (normalmente ao redor das bochechas e no couro cabeludo). A erupção cutânea então se espalha (muitas vezes para a área do cotovelo e atrás dos joelhos) e progride para espinhas cheias de líquido que começam a aparecer.

Quando procurar um médico

A acne neonatal quase sempre desaparece por conta própria sem intervenção. Mas se você não sabe o que fazer, você pode querer levar seu bebê ao seu pediatra de confiança.

Quanto tempo isso dura?

A acne neonatal geralmente acaba quando o seu bebê tem 6 meses de idade (o que pode ser um ótimo momento para finalmente agendar um ensaio fotográfico) – deixando a bela pele do bebê que você esperava no lugar.

E, no caso de você já se preocupar com o futuro da pele do seu filho, saiba que a acne neonatal não deixa cicatrizes permanentes (como a versão adulta), e não significa problemas de espinhas futuros.

Meu bebê tem espinhas no queixo. Pode ser acne neonatal?

Sim, pode. A acne neonatal é muito comum, e ela pode estar presente no nascimento, mas, mais frequentemente, aparece depois de algumas semanas de vida do seu bebê.

A acne geralmente aparece nas bochechas e às vezes na testa, no queixo e até nas costas do seu filho. Essa condição pode se tornar mais pronunciado quando o seu bebê está com calor ou desconfortável, ou se a pele está irritada com a saliva, o leite ou com os tecidos que estão em contato com ele, que podem ser um pouco áspero ou se foram lavados com um sabão em pó muito forte.

As manchas no rosto do seu novo bebê não são necessariamente acne, no entanto. Pequenas bolinhas brancas que estão lá no nascimento e desaparecem dentro de algumas semanas são chamadas de mília, e não estão relacionados à acne. Se a irritação parecer mais severa ou escamosa, ou se ela aparecer em outro lugar no corpo do seu bebê, pode ser o caso de um eczema ou tampão de berço, como dito anteriormente.

Dicas finais: Como tratar a acne neonatal

Aqui estão algumas coisas que você deve fazer e que não deve fazer:

  • Não use medicamentos para combater a acne sem receita médica;
  • Não esfregue o rosto do seu bebê. A acne neonatal não é causada por sujeira, na verdade, lavar muito o rosto do seu bebê pode irritar ainda mais a pele dele, então não exagere.
  • Não coloque loções oleosas na pele do seu bebê, isso pode piorar a acne. Alguns pais relatam que certos cremes não oleosos ajudaram a acne do bebê. Se você tentar utilizar algum deles, monitore como isso afeta a pele do bebê e esteja preparado para parar de usá-lo se isso piorar a condição da pele.
  • Basta lavar o rosto do seu bebê com sabão e água morna, uma vez por dia.
  • Tenha paciência. A acne do seu bebê não o incomoda, então tente não deixar isso incomodar você também.