Confira dicas para transportar o bebê

Sair com bebê de casa exige uma logística especial e nem sempre os pais estão preparados ou tiveram tempo de pensar nisso. Afinal, são tantos detalhes e providências a tomar até o nascimento e depois…

Existem várias soluções de segurança para transportar o bebê ou a criança – das cadeirinhas especiais aos banquinhos auxiliares (“booster”). O ideal é encontrar aquela que melhor se adapta à sua necessidade. E mais:

• Para crianças de até 13 Kg (1 ano de idade aproximadamente), por exemplo, o bebê-conforto deve ir sempre virado de costas para o motorista, isto, é o neném viaja olhando para a parte de trás do veículo).

• Crianças entre 9Kg e 18Kg (entre 1 ano e 4 anos de idade) devem ser transportadas em cadeirinhas.

• O bebê-conforto e cadeirinha devem ser fixados por cintos com pelo menos três pontos. Portanto, se o cinto do meio do banco de trás só possuir dois, os equipamentos citados NÃO podem ser presos nele.

• Antes de começar a dirigir, verifique se todos estão em seus lugares e com os cintos de segurança colocados e não retire os bebês e as crianças dos cintos e assentos antes de chegar a seu destino, ou seja, com o carro em movimento ou ligado.

cadeirinha-para-bebes

• É importante checar se todos os dispositivos estão de fato presos ao cinto de segurança. Verifique o manual do fabricante para instalar tudo corretamente.

• Deixe os vidros do carro quase fechados, permitindo apenas a entrada de ar para ventilação.

• Jamais transporte crianças no colo, muito menos no porta-malas ou caçambas (?!).

• Nunca junte duas ou mais crianças no mesmo cinto de segurança.

• Nunca utilize o cinto de adultos em crianças.

Transportar crianças de qualquer idade da maneira correta evita multa, mas é claro que o principal motivo é a segurança delas. A tranquilidade da família não tem preço.

A cadeira de segurança, por exemplo, deve apresentar o selo do Inmetro. Ele garante que a peça passou por testes de colisão, entre outros. E cada modelo é criado de acordo com o peso e a idade do usuário.

Se a criança não está corretamente colocada no equipamento sua segurança fica comprometida.

Segurança e conforto do bebê viajando de ônibus

mae-usando-canguru

Até 6 meses, os bebês são facilmente levados no colo dos pais; não há necessidade de comprar uma poltrona extra para eles.

Para evitar o cansaço, principalmente se o percurso for longo, especialistas recomendam o uso de canguru ou sling. O objeto deixa os braços de quem carrega a criança mais livres e o nenê mais confortável.

Na hora de sentar, o cinto de segurança deve ser afivelado somente no adulto, jamais no adulto e na criança juntos. Em caso de freada brusca, o peso do pai ou da mãe pode machucar o bebê.

Para as crianças um pouco maiores de 6 meses, o ideal é uma poltrona exclusiva. Então, vale usar o bebê-conforto ou ainda as cadeirinhas próprias para automóveis.

Com um detalhe: o equipamento pode não caber no banco. Por isso, antes de arriscar, é bom checar com a viação as medidas das poltronas.

Geralmente, os assentos dos ônibus executivos são maiores, permitindo a perfeita acomodação da cadeirinha infantil.

Boa viagem e até a próxima parada, ou melhor, artigo!