Cuidados com bebês prematuros: veja os principais

Eles são delicados, necessitam de mais atenção. Os bebês prematuros são assim, um caso à parte em matéria de dedicação e precauções. Confira dicas e providências para deixá-los mais confortáveis e saudáveis quando vão para casa:

Amamentação – é ainda mais importante para os pequeninos que nasceram antes da hora. Vale à pena um esforço maior para manter o aleitamento pelo máximo de tempo possível. Se precisar voltar ao trabalho, peça orientações do pediatra sobre como proceder.

Sem dúvida, a amamentação é a melhor fonte de nutrientes para o bebê e é natural que ele fique no peito só olhando para você de vez em quando ou “ensaiando” o movimento de sucção.

Oxigenoterapia domiciliar – alguns prematuros podem precisar receber oxigênio em casa também. E quem passa por isso tem todas as informações dos profissionais de saúde sobre o equipamento. Apenas encare como um procedimento usual para certos bebês “apressadinhos” para vir ao mundo.

As visitas – por precaução, evite expor a criança à infecções. Peça aos parentes e amigos que esperem um pouco mais para conhecer o novo integrante da família se eles estiverem resfriados, tossindo ou com qualquer tipo de infecção.

Caso eles apareçam mesmo assim, evite que peguem o bebê no colo, principalmente se o prematuro não estiver sendo amamentado, ou seja, não estiver contando com a proteção que o leite materno proporciona.

Cigarro – a presença de fumaça de cigarro em casa aumenta a chance de morte súbita infantil. E vale lembrar que os bebês que nascem com baixo peso correm mais risco.

E tem mais: a fumaça do cigarro aumenta o risco de o bebê ter asma e infecções. Não permita que as pessoas fumem na sua residência, muito menos perto do recém-nascido.

Medidas de segurança – não superaqueça o neném na hora de dormir; evite o excesso de roupas. É uma das providências para minimizar o risco de morte súbita.

Mantas e cobertores devem permanecer abaixo da linha da axila, para que o bebê não ficar enroscado. E nunca ponha a criança para dormir de barriga para cima.

Não é recomendado, ainda, deixar seu prematuro pular mamadas durante a noite.

Você também precisa de cuidados – não é fácil ter um recém-nascido em casa; é preciso fazer muitas adaptações para cumprir bem o novo papel de mãe e ter uma nova e eficiente dinâmica doméstica.

Quando a criança chega antes do previsto, as dificuldades aumentam e você pode precisar de mais ajuda.

O tempo é dele – não vai sobrar muito para outras coisas. Crianças prematuras demoram mais para diferenciar o dia da noite, principalmente depois de internação em UTI, e precisam mamar com mais frequência.

Ou seja, você precisará administrar mamadas a todo instante, além de condições de sono imprevisíveis e, ainda, conciliar tudo isso com as outras tarefas da casa – às vezes, até com outros filhos – sem contar com a sua própria necessidade de dormir.

• Quando for possível tirar uma soneca, não resista! Ela será muito útil, para não dizer que muitas vezes será a única opção…

Aceite ajuda de amigos se não tiver parentes por perto – com a vida corrida de hoje, nem sempre temos apoio de familiares como antes.

Mães de crianças pequenas costumam ser especialmente compreensivas nessa fase.

Vai contratar babá ou deixar o bebê com outra pessoa? Tome precauções extras, pelo menos enquanto a criança for bem pequena. Deixe um número de telefone onde possa ser encontrada e o telefone do médico sempre que for sair.

Espero que as dicas de cuidados com bebês prematuros sirvam para tornar a sua jornada mais tranquila e que mesmo com todo o trabalho, o cansaço, não falte nunca disposição para amar ainda mais. Eles precisam!

Boa sorte e até breve!