Ensinar criança a ler: Comece em casa agora mesmo!

Está aí uma missão nobre: ensinar criança a ler. Fazer com que ela tenha acesso a um mundo de saberes até então oculto. É um processo gratificante para quem o conduz e para quem recebe. Saiba mais nos parágrafos a seguir.

A infância é uma fase muito importante, na qual os pequenos passam a compreender e se apropriar das formas humanas de comunicação. Ao desenvolver a habilidade da escrita e da leitura, elas ampliam sua experiência cultural.

Ao ensinar criança a ler, professores ou pais precisam de táticas certas e algumas ferramentas.

Em casa mesmo, antes dos meninos e meninas irem para a escola, você pode começar o aprendizado do seu filho e obter resultados interessantes. Veja algumas dicas para estimular a criança desde cedo e para a hora H, a de aprender a ler de fato:

  • Leia livros para seu filho com frequência – exponha o pequenino ao universo da leitura, desperte seu interesse por meio de histórias cheias de imaginação.

Você pode começar quando ele ainda for um bebê, e prosseguir até a infância. Quando for mais crescidinho, dê preferência a livros que ele possa entender.

  • Outra dica é adquirir livros que abrangem os outros sentidos, além da audição. Leia obras que tenham desenhos, sons, páginas para tocar e até cheiro. São detalhes que prendem a atenção e ainda auxiliam na compreensão da história.

Você pode, inclusive, apontar para termos da página capazes de ajudá-lo a interligar o texto com os sons.

  • Aos bem pequenos, dê livros com páginas resistentes, tais como aqueles impermeáveis. E que não tragam narrativas sentimentais demais, pois serão tocados e lidos com frequência. Livros pop-up talvez não sejam uma boa escolha para crianças pequenas demais.
  • É interessante ler algo que possa desafiar o raciocínio da criança, mas que seja interessante enquanto história também. Aproveite para fazer perguntas interativas, para que seu filho passe a compreender o que está escrito antes mesmo de ler sozinho.

Por exemplo: enquanto lê para ele, indague-o sobre o enredo e as personagens. Mas comece aos poucos e vá aumentando a dificuldade gradualmente. Se for uma criança de colo, perguntar o nome do cachorrinho já está de bom tamanho.

  • Saiba que muitas crianças não têm um desenvolvimento que permita a começar a pronúncia de palavras até 5/7 anos de idade. Não seja precipitado ou impaciente. Controle a ansiedade…
  • Quanto ao desenvolvimento da consciência sobre os fonemas, não são poucos os que começam essa fase aos 4 anos. Então, se quiser, introduza os sons das letras nessa época. Também pode dar instruções simples de leitura enquanto isso.
  • Ao iniciar o processo de ensinar criança a ler, se ela não tiver paciência e preferir ver tevê, experimente ativar a função closed caption e incentive-o a acompanhar as palavras que vão surgindo.

Dicas para ensinar a criança a ler

Uma coisa é certa: não adianta comprar dezenas de livros e não deixar as obras acessíveis para a criança pegar quando quiser. Por isso, mantenha tudo em local acessível, que ela possa alcançar, perto do chão onde costuma brincar.

Assim, a leitura e a diversão estarão sempre lado a lado, não somente no sentido figurado.

E não esqueça de criar um cantinho próprio para a leitura. Você pode usar almofadas, pufes, cadeiras confortáveis, tapetes divertidos e muito mais.

Mas não basta montar uma estrutura nota 10 se você mesmo não é um exemplo de comportamento no quesito ler.

Ajuda bastante se os pais dedicam no mínimo 10 minutos por dia à leitura. É assim que se mostra a um ser em formação que o hábito é interessante e valioso. A criança precisa perceber que você também ‘se diverte’!

Busque algo que goste, não precisa ser uma obra complexa, caso não goste. Um jornal ou revista já vale para provocar o interesse do seu filho pelo que está fazendo.

Caso esteja lendo alguma coisa apropriada ao seu pequeno leitor, aproxime-se e conte ao seu filho o que é.

Ensinar criança a ler é uma aventura e tanto, mas vale a pena!

Sucesso, e até o próximo post…